Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

17
Dez13

O tal !

 
A pessoa certa é como o vestido de noiva. Por mais estereótipos e idealismos, por mais 'ses' e suposições, por mais generalismos e opiniões. Quando o vimos, nesse mesmo milésimo de segundo, sabemos, é aquele. É o tal! O tal ao qual dizemos sim e, lhe impomos as maiores fragilidades. O tal que melhor se adequa, que compreende e nos entende em todas as formas. Não interessa catálogos nem opiniões, nem adianta pensar ou quaisquer discussões. É aquele! É o mais bonito dos bonitos, a perfeição dos perfeccionistas. Um querer e não largar, a vontade de o ter. E quem o sentiu e quem sabe, não me deixa mentir. Aquele brilhos nos olhos. Sim aquele brilho especial que irradia, é a prova da sua certeza. Um sim escondido da forma mais verídica mesmo que silenciosa. Porque na maior das verdades, a pessoa certa é a que vai lutar e persistir, a que nos vai fazer ir a lua e vir. E no fim, a pessoa certa, será a que um dia nos vai conhecer melhor que nós mesmas. Não adianta, o dia, a hora ou o momento. Nesse instante saberá o meu verdadeiro eu, e ai apresentá-lo-ei ao mundo como a minha pessoa, o meu outro eu.
17
Dez13

Boa semana

17
Dez13

Saudade

 

E naquele exacto momento, o meu coração parou, fiquei petrificada por uns instantes sem saber como agir. Vou, abraço, falo? Ou será que não devo? Será que o medo vai-me  mandar parar, e observar ao longe como se não pertencesse ali, sim porque é isso que sinto, que não pertenço, que não conheces. Naquele exacto momento, a minha vontade era correr, abraçar, beijar dizer tudo o que guardara na minha mente para um dia te dizer. Mas mais importante que tudo, dizer quem eu era. E, sentir no meu intimo que, pelo menos saberias apartir daquele momento, que eu não era so uma estranha. Mas a razão, o medo e, ansiedade acorrentaram-me, como se estivesse presa no meu próprio corpo e, ali fiquei eu petrificada vendo-te passar.