Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

22
Mai17

De Volta à Estação!

IMG_0087.JPG

 

Todas as noites a rotina é a mesma. Ir ao telemóvel mesmo antes de pôr os despertadores - sim, que eu não sou pessoa que acorde só com um despertador! - e ir ver a meteorologia para o dia seguinte. E, já deitada mesmo antes de adormecer, começo a pensar na roupa que tenho, e no que vou vestir e calçar no dia seguinte de acordo com a agenda. E todas as manhãs, volto a confirmar a meteorologia, com a esperança de que finalmente esteja um dia de sol e uma temperatura constante e agradável e não esteja a ser enganada por uns raios de sol, simplesmente matinais. Sou pessoa de sol. Dependente até. A ponto de ir a correr na hora de almoço comprar um verniz para pintar as unhas dos pés e tirar as sandálias do armário. E não há nada melhor do que voltar à estação, dos dias compridos e do tempo que estica. De sair do escritório, com a mesma hora a marcar no relógio e a felicidade de ainda ser dia. E o mesmo sentimento de dever cumprido. Das roupas leves e fluídas.Das comidas leves e das saladas. E de uma estação que apetece perder a cabeça e comprar tudo. Mas isso, já são cenas dos próximos capítulos.

 

IMG_0091.JPG

IMG_0085.JPG

IMG_0090.JPG

 Blusa: loja local Ash Clash | Calças: Vero Moda | Óculos: Vilanova acessorios | Bolsa: Bimba Y Lola | Sandalias: Zara

21
Mai17

Está Oficialmente Aberta a Época das Festas!#1

 
Chegamos a Maio e já os convites acumulam-se em cima da mesa. Casamentos, bodas, comunhões, batizados. Há anos em que parece que nos sai as festas todas, em dobro e em repetido de convidados. E, se por um lado não há nada melhor do que festejar com os que mais gostámos e estar presentes em momentos tão importantes das suas vidas, por outro lado ficam as dores de cabeça à procura do modelo perfeito para vestir e do look a usar. Mulher que é mulher, gosta de surpreender, deslumbrar e arrasar. Não gostámos de passar despercebidas e não há nada melhor do que chegar ao fim da noite com uns rasgados elogios de como "o nosso vestido é bonito" ou "como estamos bonitas".
 
17
Mai17

A Caminho da VI Edição Tibães Fashion: O Casting!


 
Ainda nem dez horas marcava o relógio, do passado dia 22 de abril, e já há entrada do Palácio do Raio muitos eram os jovens, adultos e crianças, que aguardavam ansiosamente a sua vez de se inscreverem. Vindos de várias zonas do país, acompanhados pelos pais ou amigos, convencidos por alguém ou pelo sonho, mais de 150 participantes concorreram ao casting para a VI edição do evento de moda Tibães Fashion. Com a esperança de pisar a passerelle e o sonho do mundo da moda, esperava-os o júri composto por Helena Cristina Silva, directora do projeto Tibães Fashion, Celso Viana, modelo profissional e Carlos Teixeira, fotógrafo de moda internacional. Entre nervos e sorrisos, brincadeiras e conversas, caras conhecidas e diversos jovens que pela primeira vez queriam fazer parte deste evento, o ambiente de descontracção e amizade que caracteriza este evento foi uma constante em cada momento. Num daqueles dias que passam a voar, os participantes iam chegando, recebido entre as fotos da descontracção ou os colegas que já conheciam. Pelo meio, convenceram-se na brincadeiras participantes com nervos de principiantes, entre risos e brincadeiras. E fizemos deste, um dia especial na vida de muitas crianças. Foi maravilhoso receber cada um destes participantes. Mas, mais do que eu, que sou suspeita o dizer, é perceber o que têm os participantes e o júri para dizer.
 
"Acho que o evento é super interessante, tanto do ponto de vista de dar oportunidade a jovens modelos e criadores de mostrarem o que podem dar ao mundo da moda, como do facto de verdadeiramente se criar um espírito incrível de entre ajuda entre staff e modelos, quase como uma família durante o tempo que decorre até ao evento e isso é o que gosto mais." Mariana Costa, participante casting
 
 

"Ao longo deste anos o Tibães Fashion tem crescido com ajuda dos profissionais que nos procuram para ajudar a promover os jovens que aguardam ansiosamente por cada nova Edição do Tibães Fashion. Temos conseguido apoio de profissionais da moda que “apadrinham” o Tibães Fashion com orgulho, e alegria pois percebem que o que fazemos é com essência, e conseguimos fazer alguma diferença na vida destes jovens à procura de uma oportunidade. Cada casting que realizamos há sempre muitas surpresas, nesta em concreto, fomos surpreendidos pelos pais de crianças que também queriam que os seus filhos conseguissem ter uma participação no nosso evento. Houve uma certa “confusão” quando me chamam e dizem: “Helena temos uma grande quantidade crianças que também querem fazer casting?” Que fazemos?” Quando abordada com esta situação, onde os pais querem que as suas crianças também tenham uma oportunidade como a que estamos a dar aos jovens, obriga nos a repensar que realmente nós estamos a fazer algo no mundo da Moda. Foram surgindo ao longo do dia, jovens, crianças, adultos com mais de 35 anos de toda a parte de Portugal desde Valença até Faro. Neste casting conseguimos perceber que as pessoas percebem que com muito esforço estamos a fazer um bom trabalho, com recursos humanos reduzidos, com recursos económicos reduzidos… mas conseguimos concretizar!! Como Diretora deste projecto, fico sempre na expectativa do que vai acontecer, se conseguimos superar as expectativas, se conseguimos criar oportunidades, se conseguimos concretizar projectos e sonhos de quem nos procura. Superar expectativas! Conseguimos fazer alguém mais feliz em cada edição que passa. Fica um sensação de missão e de grande responsabilidade para toda a nossa equipa de organização, de crescer e se profissionalizar cada vez mais, e mais em cada edição que realiza. " Helena Cristina Silva, Directora
 

 
" Todo o evento Tibães Fashion está muito bem organizado e isso nota-se logo. No casting encontramos pessoas simpáticas e atenciosas que nos deixam muito à vontade e ajudam a aliviar o stress. Será o segundo ano que vou participar no Tibães Fashion e trata-se de um evento espetacular sem duvida alguma. Estar no Tibães Fashion representa para mim uma oportunidade de mostrar o meu valor num evento que começa cada vez mais a ganhar nome. Estou confiante que o Tibães Fashion será uma grande ajuda para concretizar os meus objectivos no mundo da moda." Marcelo Pereira, participante casting
 
 
"Achei o casting muito interessante e fiquei bastante surpreendido com a aderência que teve. É sempre uma experiência muito agradável participar e fazer parte de alguma forma do Tibães Fashion. " Carlos Teixeira - júri casting - fotógrafo de moda internacional
 

Casting
 
"Foi com enorme orgulho e prazer que aceitei o convite para fazer parte do painel de júris do evento Tibães Fashion. Fazer parte de uma plataforma que tem como objectivo o lançamento de jovens no mercado e mundo da moda faz de mim também um ser mais rico, como tal seria impossível não estar presente. E foi com uma enorme gratidão que recebemos mais de 150 candidaturas de jovens que tem um sonho por realizar. Cimentar o mundo da moda portuguesa com jovens de atitude, querer e bom gosto será sempre uma mais valia para todos enquanto profissionais. Ajudar o próximo, proporcionar uma motivação, formação e apelar aos cuidados necessários que esta área exige é um trabalho de enorme responsabilidade que a mim muito me orgulha. Por isso e por tudo que está por de trás de uma organização com vontade própria, querer e sem fins lucrativos penso sem dúvida alguma ser um protejo que a mim só me envaidece. Haverá algo mais importante de que criar um sonho para uma criança, educa-lo e aumentar os seus índices de confiança para o mundo que o espera?!- Penso que não, até porque, que seria do mundo se não fossem as nossas crianças com sonhos e objectivos de vida?! Bem haja. " Celso Viana - júri casting - modelo profissional e formador
 
CastingTibães
 
 
"Nos dois castings que fui, na ultima edição e nesta, senti-me muito à vontade porque deram-me razões para me sentir assim. Antes de entrar na sala estava muito nervoso, mas depois colocaram-me à vontade e correu tudo bem. O evento, para mim que sou suspeito, é o melhor evento de moda em que já estive e para mim o melhor de Braga. Envolve uma equipa técnica fantástica, o local em si é lindo mesmo, por dentro e por fora, envolve grandes nomes de estilistas, e alguns novos que mais tarde vão-se tornar grandes também. Mas acima de tudo o Tibães fashion é uma família para nós". Rui Sousa, participante casting

 
Casting
Casting
Tibães
 
Casting
 
O meu enorme obrigada, a todos os que nos ajudaram a fazer com que tudo corresse tão bem neste dia. Desde participantes (já conhecidos de outras edições) a amigos e, não podia deixar de agradecer aos alunos da esprominho que maravilhosamente nos ajudaram, toda a sua dedicação e empenho.
 
 
 
Obrigada a todos!
Com amor, Tibães Fashion

Tibães
 
 
 
Vejam mais/Contactem: 
Página de facebook: https://www.facebook.com/TibaesFashion/ | Email: tibaesfashion@gmail.com
15
Mai17

O Bichinho das Entrevistas!

A entrevista. O convite estava feito e nem os nervos impediram que fosse aceite. " Queres entrevistar a autora do livro "Diário de uma Gorda?" - não escondo o pânico trémulo do meu sim! Numa boutique da tereza orgulhosa e feliz, por esta presença, encontrei mal a vi, confiante, segura, lindíssima e maravilhosa, a Kaluxa. A entrevista apelidada pelo formato, deu lugar à conversa. Sem clichés, sem tabus, sem sensibilidade ao tema. O meu receio que se evaporou em instantes, pelas gargalhas e um ambiente agradável, onde até a nossa diferença de tamanhos, deu assunto. Kaluxa, desde a adolescência, onde assumiu um corpo que sempre foi o seu, num tamanho que grande que sempre conheceu. Aprendeu, a aceitar-se e adiantar-se aos outros, à sociedade, Kaluxa. Não fez do peso, um esconderijo, nem do espelho um pesadelo. Contou-me que detesta o preto e não é fã de balanças. Usa biquínis na praia e se pudesse vestia-se sempre de branco. Mas, a sua paixão por moda não a deixa fazer, seria demasiado repetitivo. Namorou com o rapaz mais giro da escola e sempre deixou as mulheres magras à sua volta roídas de inveja, que não faziam dela concorrência. E, quando lhe perguntei se estava à espera do sucesso do seu livro, disse-me que jamais esperaria, ganhar uma segunda família em cada mulher que hoje a segue e acompanha. À data da entrevista, tinha acabado se ser surpreendida pela notícia que os seus livros já estavam disponíveis no Japão. 
 



1. É impreterível não perguntar em primeiro lugar, como surgiu o Diário de uma Gorda?

R:O Diário de uma Gorda surgiu após ter escrito o meu primeiro livro Os Três Eus.

 

2. Foi algo espontâneo que decidiu fazer ou já há muito que tinha o desejo de publicar o seu testemunho?

R: Quando era adolescente eu tinha um diário, sempre gostei de passar para o papel as minhas vivências, os meus pensamentos. Ora, como sempre fui gorda, achei que seria interessante dar a conhecer às pessoas como é viver dentro de um corpo robusto.

 

3. Sentiu necessidade de dar voz às gordinhas?

Quando escrevi o Diário foi mesmo no verdadeiro sentido da palavra, com uma única diferença de ir expor ao público como é viver sendo gorda. Dar voz às gordinhas sempre foi um objectivo meu, pois nós existimos e primeiro que tudo somos MULHERES.

 

4. Esta sua obra é vista por muitos como um acto de coragem neste país. É difícil falar-se sobre ser gordinha em Portugal?

R: Infelizmente para a maioria sim! Não entendo nem nunca entendi o porquê. Para mim sinceramente foi muito fácil, falei de mim para mim.

 

5. Portugal já precisava de um testemunho assim?

R: Eu acredito que Portugal tenha muitos testemunhos como o meu. O problema é que ainda existe o preconceito de falar de uma “coisa” que deveria ser normal, e o facto de o Diário de uma Gorda estar a “dar que falar”é exactamente por acharem que é um tema tabu. O que não deveria de ser. Ser GORDA é ser MAIOR, não é ser DIFERENTE. Diferentes somos todos nós, essa sim é a grande DIFERENÇA.

 

6. Ficou surpreendida com a reacção que este livro está a ter?

R: Muito surpreendida mesmo! Quando o escrevi nunca me passou pela cabeça que teria este impacto.

 

7. Tem imensas seguidoras que a acompanham diariamente. Alguma vez pensou criar este impacto na vida destas mulheres?

R: Não, de todo. Mas é deveras gratificante, saber e sentir que de alguma forma ajudo tanta gente sem nunca as ter conhecido pessoalmente.

 

8. Fala no seu livro do seu gosto pela moda. O peso alguma vez foi uma condicionante na hora de escolher roupa?

R: Hoje já não. Mas na minha adolescência sim, claro que sim. Não havia muita escolha. Apesar de hoje ainda não ser fácil. Já existem lojas para tamanhos grandes, não muitas, que nos dão oportunidade de vestirmos roupa gira e adequada ao nosso corpo.

 

9. Vemos no quotidiano, que as gordinhas por norma escondem-se atrás da roupa e surge a Kaluxa que veste a roupa e a moda. Como foi aceitar o seu corpo?

R: Eu aceitei o meu corpo entre os 13/14 anos. Quando percebi que era gorda foi porque me chamaram atenção, e ai eu fiquei triste porque me rotularam, ou seja, eu quase perdi o meu nome, o que é frequente acontecer a quem é gordo (a). Simpaticamente houve um amigo meu que me começou a chamar Carluxa (Carla+Gorduxa) até que ficou Kaluxa nome que assumo até hoje com muito carinho. Adoro roupa, cor, acessórios. Sou vaidosa e não é por ser gorda que não iria ser.

 

10. Tem uma relação com o espelho completamente incomum e admirável. Encara-o como o seu melhor amigo neste processo de aceitação?

R: O espelho é sem dúvida o meu melhor amigo. Aliás o meu confidente.

 

11. Refere no seu livro o seu método para saber o seu peso. Aprendeu a lidar com o número em vez de o ver na balança?

R: Não sou adepta da balança, desde que me sinta bem o peso não interfere no meu dia-a-dia, mas assim que me sinto mais pesada aí sim faço dieta, ao contrário do que as pessoas pensam.

 

12. Viu a sua adolescência marcada de certa forma pelo facto de ser gordinha?

R: Durante um, dois anos, sim. Mas quando me aceitei, consegui de alguma forma fazer com que os outros me aceitassem também.

 

13. Namorou com o rapaz mais giro da escola. Como reagiram as suas amigas?

R: É verdade, namorei com o rapaz mais giro da escola. As minhas amigas acharam estranho pois eu para elas nunca seria uma ameaça. Ai está uma parte da discriminação que existe, até por parte das outras mulheres.

 

14. Sente que a beleza é diferenciada face ao peso de uma mulher?

R: Sinto sem margem para dúvida, a sociedade dita padrões de beleza em que o número que se veste faz parte dessa “ditadura”.

 

15. As gordinhas desvalorizavam-se pelo tamanho ou inferiorizavam-se pelo estigma da sociedade?

R: Eu penso que existem gordinhas que se desvalorizem por si mesmas, mas muitas por complexos causados por terceiros.

 

16. Qual foi a melhor coisa que este seu livro lhe trouxe?

R: O ajudar alguém que se esconde por trás de um corpo.

 

17. Um testemunho que virou um sucesso e um exemplo para tantas mulheres. Escreveria este livro se soubesse deste impacto?

R: Sim escreveria!

 

18. Como é saber-se que parte da nossa vida vai ser lida do outro lado do mundo?

R: É brutal, é uma sensação única. Mas se queres que te diga eu acho que ainda não tenho a noção real das proporções que o Diário já tomou.

 

19. Tem desejos no futuro para o diário de uma gorda?

R: O meu desejo é que as pessoas se aceitem como são, independentemente do tamanho, desde que a saúde não esteja em causa.

 

 

 

20. Vista como um exemplo para tantas gordinhas costumam-lhe pedir conselhos quando a abordam?

R. Quando me abordam, eu tento sempre responder com clareza e carinho. Quase viro confidente das gordinhas, o que me enriquece o meu coração cada vez mais.

 

21. Se lhe pedissem uma mensagem, qual seria?

R: Não deixem que o vosso corpo seja impedimento para viverem e serem felizes. Se não gostam, peçam ajuda para emagrecer, mas enquanto são gordas VIVAM, não sobrevivam! A vida é uma passagem, em que cada minuto é para ser vivido, caminhando e sorrindo.

Não se escondam do mundo, mostrem-se!

 
A poucos dias de voltar às entrevistas. Recordo o que já fiz. Descobri coisas que não imaginava. Aprendi o poder das perguntas certas. E pelos meus pensamentos passou mesmo o típico - " eu até gosto disto!". Desde aí, que já fui posta à prova por algumas vezes. Mas houve uma que me marcou. A da Kaluxa. Devido a compromissos marcados, só 1:00h antes é que tive a certeza que conseguiria estar presente, na sessão de autógrafos que realizou na loja da Boutique da Tereza, em Braga. Não tinha tido a oportunidade de ler o livro, nem tão pouco fazer qualquer pesquisa extensiva. E quando dei por ela, estávamos a falar há mais de uma hora. As perguntas fluíam. Umas atrás das outras. E eu sentia-me embebida de conhecimento e de informação. Aprendi o poder das perguntas. Das boas perguntas que não questionam mas perguntam. Com cautela, com carinho. Porque há assuntos que o pedem, o olhar meigo. Outros a gargalhada aberta. E no meio o acompanhamento em conversa. E o tempo voa, quando fazemos o que gostámos. Se antes já tinha o bichinho para as entrevistas, ainda mais amor lhe ganhei quando acabou a conversa com a Kaluxa, e ainda depois, quando esteva a preparar este artigo. É indescritível, o que uma simples pergunta pode encontrar, e é tão bom conduzir assim, conversas de vida!
10
Mai17

A Blogger das Horas Vagas #Vidas Reais


LOOK

 

 

Sábado a meio de uma conversa, com uma menina blogger que encontrei por acaso e adorei conhecer, disse-me que gostava do meu blogue por ter de trás uma pessoa real. E revelar uma vida real. Não podia ter melhor elogio nem concordar mais. Naquele momento, nem parecia eu. Sábado de manhã sem maquilhagem, sem saltos e sem formalismo ou estilo. Tinha acabado de sair de uma reunião de um projeto, a correr para almoçar qualquer coisa e esperar que a ourivesaria abri-se para comprar a prenda do dia da mãe. Pelo caminho, encontrei o atelier mais fofo de sempre By Dora Guimarães e, depois de tanto tempo sem conseguir ir lá tinha mesmo de aproveitar para conhecer. Mesmo nem parecendo eu. Ou melhor, no meu eu de fim de semana. Tornei-me numa pessoa de dois estilos. O da semana e o de fim de semana. Como a cinderela dos tempos modernos. Corro, literalmente, à semana de saltos altos. Para apanhar o autocarro, para conseguir ir aos serviços mesmo na hora de fechar, para esticar as horas de almoço. Para sair e ainda ir a um evento ou a uma reunião de algum projeto. Até chegar a sexta à noite, em que os saltos ficam de lado, a base dá lugar ao muitas vezes apenas creme hidratante e o cabelo agradece o esticador que fica na gaveta. A verdade é que isto de juntar uma workaholic a uma blogger nas horas vagas, como eu sou, é uma correria sem fim e um conjunto de momentos hilariantes. Como o visual e o dia desta foto no portugal fashion deste ano.  Em que para inovar num look que desse para ir direto do trabalho para os desfiles do portugal fashion lembrei-me de ir só com uma parte do camiseiro dentro das calças. Problema: não tinha como passar a camisa a ferro se colocasse as duas partes da camisa por dentro. Então resolvi ir trabalhar assim. No meio de algumas pessoas a acharem um visual arrojado, ao sair de um local no âmbito de trabalho cruzo-me com uma pessoa que já foi meu formador que no final da conversa, e com receio que eu não tivesse reparado avisa - "olha estás com a camisa de fora". Claro que respondi de imediato "Eu sei. Isto usa-se". Nem imaginam o que eu me ri no caminho para o escritório.

08
Mai17

Bordados: A Grande Tendência desta Estação #RevistaSpot


Bordados



Depois do frio, dos casacos e das malhas grossas. A Primavera traz consigo uma nova estação e uma nova viagem: pelas tendências, as inspirações e os estilos. Os jardins enchem-se de flores e as cores inundam as ruas. Rosas, azuis, amarelos, vermelhos, verdes. O estilo que se faz nas ruas desperta com os primeiros raios de sol e a vontade é rendermos às novas tendências de uma nova estação. Que se viram nas revistas e desfilam nas ruas. 

Bordados
As roupas ganham vida e os acessórios são muitas vezes as peças principais dos looks. Do palco principal das tendências que fazem as peças e conquistam as lojas, às tendências secundárias que completam os visuais, esta é uma das estações mais completa, diversificada, colorida e romântica de sempre. A moda faz-nos sonhar nesta estação, numa paleta de tons nude entre os rosas pastel e os azuis claros. E diverte-se pela junção de cores, pela alegria do amarelo e a paixão do vermelho. O monocromático regressa na sobreposição e combinação de dois tons da mesma cor. Os padrões regressam ao mix and match das brincadeiras e da irreverência dos jogos de estampados. 

Bordados


Entre os folhos de destaque e os já desejados plissados, os bordados regressam esta estação em força e ocupam o palco principal como a grande tendência desta estação. Casacos, camisas, blusas, camisolas e até bolsas e sapatos. Os bordados de flores que timidamente víamos na coleção passada presentes nas calças de ganga são a tendência forte desta estação e estão presentes em todas as peças e modelos de roupa. 


Bordados

Um detalhe primaveril, colorido e romântico que torna até a peça mais básica completamente diferente e cheia de estilo. E a camisa formal mais clássica com o toque jovem que a idade pede. E esta tendência conquistou as marcas que modificaram os seus clássicos para a receber, como o caso dos stan Smith da Adidas e a eterna clássica bolsa da Gucci. Com o toque de um contraste de irreverência nos modelos clássicos e o detalhe de estilo nos modelos básicos, os bordados dão vida às peças e as flores fazem desta a estação mais romântica e primaveril de sempre. Afinal de contas, que mulher consegue resistir a flores? 

Artigo Publicado na Revista Spot aqui



Sigam-me no instagram em @princesasemtiara
05
Mai17

A Diferença de Um Dia!



Um dia. Quantas vezes já não riscamos um dia na agenda para saltar ao seguinte? E queríamos apressar os dias, como quem deseja apressar a vida. E ter, mais do que deseja, aquilo que sonha. Pelo caminho, ficam os dias. Que se esquecem. Porque a vontade é correr para os próximos. Para o aniversário, os eventos, os desafios, a idade, as conquistas, as saídas e as viagens. Os outros, são só dias. De rotinas programadas, de formatações já riscadas. Na agenda de quem risca os dias e se formata ao se acomodar, dia após dia. E complica. Como quem imputa nos dias, a complicação da vida. E é incerto, como os dias. Que surpreendem, quando a rotina o dava como banal. Como hoje. Como ontem. 00:54 e a escrever. Depois de um dia de trabalho, uma reunião de projecto, e terminar com um jantar fantástico. Entre conversas: a vida. O que se fez, o que se teve, o que se quer. Pelo meio: os dias. Na verdade: um dia. É no dia mais rotineiro e formatado que se aprende, que até o banal dia, faz a diferença. Em nós, nos sonhos, na vida. 
03
Mai17

Alerta Tendência: De Lenço ao Pescoço!


Lenço

Os lenços são os novos must-have desta estação e os queridinhos do momento. Numa das tendências mais acessíveis de sempre, como este meu lenço da primark que custou apenas cerca de € 3,00 ou este de € 2,00, nunca foi tão simples e barato transformarem até o vosso look mais básico para um candidato de street style desta estação. E eu viciada em camisas assumida, estou completamente rendida a esta tendência ou como diz o meu namorado pronta para me candidatar a hospedeira de bordo de uma companhia aérea!


Lenço

Lenço

Lenço

Mais opções aqui:



01
Mai17

O Dia da Mãe com a Marca Manual da Moda

Macacão: Manual da Moda | Stilettos: calçado sameiro | Bolsa: Bimba & lola

Depois dos anos e do natal, é no dia do pai e da mãe que nunca sei o que oferecer. Dou sempre mil e uma voltas à cabeça. Pergunto umas quantas mais. Querer oferecer algo que realmente gostem, para mim é muito importante e depois de já alguns anos torna-se complicado ter ideias. 

E se há algo que nunca falha é roupa. Em especial com a mãe. Gosto de oferecer algo que a faça sentir ainda mais bonita e especial, que seja aquela peça para usar em jantares ao domingos ou em festas. As calças de ganga que a fazem sentir elegante, o macacão ou vestido que a façam sentir bonita e feminina e o casaco e a blusa que nem apeteça tirar. E onde se encontram estas peças? Na loja Manual da Moda, encontram todas estas as peças, 100% portuguesas, que farão a vossa mãe sentir-se ainda mais bonita e especial, com peças de roupa para todos os estilos e tamanhos para as mães do estilo mais elegante ao estilo mais casual e com tamanhos até ao 46, no mínimo e até ao 52 no máximo, porque todas as mães devem sentir-me bonitas, elegantes, cheias de estilo e confiança. Como merecem.

É já este domingo que se celebra o dia da mãe, e a pensar em todas as mães que como a minha adoram receber roupa eu e a loja Manual da Moda, das queridas manas Emília e Carla temos uma surpresa muito especial para vocês: 20% de desconto até dia 07 de Maio em qualquer artigo da loja Manual da Moda com o código SEMTIARA. Fantástico não acham? 

 
 
Blazer: Manual da Moda | Jeans bordados: Manual da Moda | Blusa: Manual da Moda |
 Sapatos: Calçado Sameiro | Bolsa: Mango

 
Casaco: Manual da Moda | Vestido: Manual da Moda | Sapatilhas; Adidas Gazelle | Bolsa: Mango


Gostaram destas propostas?

Vão ao site do Manual da Moda aqui e descubram todas as sugestões ideais para oferecerem no dia da mãe e se encomendarem até amanhã, dia 02, ainda recebem o vosso presente a tempo para domingo!