Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

10
Mai17

A Blogger das Horas Vagas #Vidas Reais

LOOK
 
 
Sábado a meio de uma conversa, com uma menina blogger que encontrei por acaso e adorei conhecer, disse-me que gostava do meu blogue por ter de trás uma pessoa real. E revelar uma vida real. Não podia ter melhor elogio nem concordar mais. Naquele momento, nem parecia eu. Sábado de manhã sem maquilhagem, sem saltos e sem formalismo ou estilo. Tinha acabado de sair de uma reunião de um projeto, a correr para almoçar qualquer coisa e esperar que a ourivesaria abri-se para comprar a prenda do dia da mãe. Pelo caminho, encontrei o atelier mais fofo de sempre By Dora Guimarães e, depois de tanto tempo sem conseguir ir lá tinha mesmo de aproveitar para conhecer. Mesmo nem parecendo eu. Ou melhor, no meu eu de fim de semana. Tornei-me numa pessoa de dois estilos. O da semana e o de fim de semana. Como a cinderela dos tempos modernos. Corro, literalmente, à semana de saltos altos. Para apanhar o autocarro, para conseguir ir aos serviços mesmo na hora de fechar, para esticar as horas de almoço. Para sair e ainda ir a um evento ou a uma reunião de algum projeto. Até chegar a sexta à noite, em que os saltos ficam de lado, a base dá lugar ao muitas vezes apenas creme hidratante e o cabelo agradece o esticador que fica na gaveta. A verdade é que isto de juntar uma workaholic a uma blogger nas horas vagas, como eu sou, é uma correria sem fim e um conjunto de momentos hilariantes. Como o visual e o dia desta foto no portugal fashion deste ano.  Em que para inovar num look que desse para ir direto do trabalho para os desfiles do portugal fashion lembrei-me de ir só com uma parte do camiseiro dentro das calças. Problema: não tinha como passar a camisa a ferro se colocasse as duas partes da camisa por dentro. Então resolvi ir trabalhar assim. No meio de algumas pessoas a acharem um visual arrojado, ao sair de um local no âmbito de trabalho cruzo-me com uma pessoa que já foi meu formador que no final da conversa, e com receio que eu não tivesse reparado avisa - "olha estás com a camisa de fora". Claro que respondi de imediato "Eu sei. Isto usa-se". Nem imaginam o que eu me ri no caminho para o escritório.