Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

31
Ago17

A Noite Branca Precisa de Inspiração!

Street-Style-Paris.jpg

 

A cidade enche-se de branco para amanhã, naquela que promete ser a noite mais agitada, movimentada e requisitada de sempre cidade de Braga. A Noite Branca. Como  uma noite mágica em que a música é a protagonista. E os concertos não podiam ser melhores. Mariza, Aurea, Seu Jorge e muito muito mais, irão animar e surpreender numa noite incrível de concertos ao ar livre. A única regra? Vestir branco e fazer parte desta noite.

 

E mais do que apresentar-vos looks de inspiração com peças de lojas, decidi trazer inspiração com estilo de ruas. Afinal, quem não tem uma blusa branca em casa? O importante é não esquecer o branco nem o conforto. Deiam ao branco o palco principal do vosso look e animem o look com uma cor vibrante nos acessórios ou na bolsa. Apostem em peças largas e confortáveis e não se esqueçam dos rasos. E a encerrar o verão, nada melhor do que um casaco de ganga a acompanhar. Este é o festival da cidade que não vão querer perder!

 

 

 

68fdb48713dd27cd0997479ff6b35c69.jpgc1540638fbf8b4d072dff208e2878b61--white-outfits-st

615fec3f044e7faf32470d9c668a421d--mom-jeans-outfit

89bd003a3a743018ba1a8f425bfb8661.jpg

22974ecf29c335794950096d3e809399--haute-couture-pa

1a90f8f198ceb41c3c3b7851eada4110--chanel-boy-bag-c

455f8bcb52ae42a457e045a5a6828ad7--dress-street-sty

 

 Sigam-me no Instagram @princesasemtiara  

 

30
Ago17

Esquisitice ou Realidade?

21122043_1402269559870967_1149002634_n.jpg

 

Há uns dias atrás num jantar com umas amigas falávamos sobre os homens. E em que como é tão difícil arranjar um homem depois dos 25 anos. É como se depois de uma certa idade os homens se resumissem a certas categorias. Entre os que já não querem saber do romance, aos que só querem "aquele" primeiro encontro, ao homem demasiado direto e desinibido e aos que ficam nas discotecas parados a mirar as mulheres, uma a uma, sem sequer conseguiram disfarçar. Depois, os comprometidos. E homens bons para uma relação (já nem por aqui se fala em casar!) parecem cada vez mais a categoria em vias de extinção. Mas será isso verdade? Ou será a nossa visão distorcida da realidade? Crescemos com a história do principe que salva a princesa. Dos filmes românticos do cliché demasiado ensaiado. E entre os romances do nicholas sparks que nos fazem querer mais. Nas relações e nos homens. E acabámos por encontrar defeitos por achar que não é perfeito. Ficarão as mulheres mais esquisitas com a idade ou os homens mais longe da realidade? Entre a lista de critérios que impomos logo e analisámos minuciosamente, em cada detalhe dele, à espera de indícios como uma barreira de defesa para não nos magoarmos, às expetativas. Não há pior inimigo do que as expetativas. Isso e a sociedade. Não podemos negar que depois dos 25 anos de idade as mulheres têm dois relógios. O biológico e o da sociedade/familiar. Então quando casas? E não queres ter uma casa tua? E não há nenhum namorado? E quando dão por ela já a família está a juntá-la a algum solteiro conhecido. Enquanto os homens ainda se querem divertir e conhecer lentamente as mulheres. Ou fazer a vida com calma e muito calmamente. É como se com a idade passasse aquela fase do relacionamento sério e o aproximar dos 30, fosse a nova crise de meia - idade masculina do século e verem-se num relacionamento sério fosse o maior erro que podiam fazer aos seus, já poucos, vinte's.  E as mulheres fecham-se. Reservam-se. Criam barreiras. Aprendem a dizer mais "não's". E lixam-se com as expetativas.Que conseguem magoar mais do que a realidade. E com os romances que tantas vezes nos fazem desejar o principe da história em vez do homem real que está ali. Nós, as mulheres que não se tornam esquisitas, mas limitam. As vezes que terão de aturar mais "caramelo's" até encontrar o homem. Que ligue depois do primeiro encontro. Que a faça apaixonar-se um bocadinho mais todos os dias. Que se preocupe, que esteja, que ame. Que faça as histórias de amor, com finais felizes, ficarem mais próximas da realidade. Mas, mais do que isso o homem que esteja disposto a subir as barreiras, a fazer-nos esquecer a fantasia, a pôr de lado a fantasia e a subir à realidade. E esse já é um belo de um princípe. 

29
Ago17

Tedx Guimarães: O Primeiro de Muitos, Tedx's!

18920420_1960060764215393_1676957338350277973_n.jp

 

Quase 3 meses depois e ainda a vontade é imensa para falar sobre este que foi o meu primeiro Tedx: o Tedx Guimarães. Admirada e impressionada pelo empreendedorismo, de um lado sonhador que me caracteriza, assim que ouvi falar do Tedx no ano passado a vontade de estar presente e perceber o que se passa e se partilha era realmente imensa.

 

Estava o Tedx Braga anunciado, o meu facebook repleto de convites para o evento e assim que vejo o dia percebi que coincidia com um dos dias de exames do estágio de acesso à ordem. Chegou o do Porto e quando eu e uma amiga decidimos ir, já o valor estava astronómico. E já a acharmos que o Tedx não estava para nós, como nós para eles que num dia descubro no facebook uma partilha de uma publicação a anunciar o Tedx Guimarães, a 3 de Junho.

 

Com oradores internacionais e nacionais, com um vasto currículo e experiências incríveis, já anunciados para o evento, um preço de bilhete acessível, e a promessa de ainda mais surpresas, nem pensámos duas vezes em fazer a inscrição. Queríamos descobrir e conhecer a dinâmica que envolve um Tedx e perceber o porquê da importância do Tedx. E quando a poucos dias do evento, depois de ser anunciada como oradora a Coach Susana Torres, a organização divulga que ia estar presente o Tim Vieira do Shark Tank, as minhas expetativas estavam no alto.

 

Depois de andarmos de saltos altos às voltas pela cidade de Guimarães à procura do sítio, qual turistas bracarenses, e já com receio de chegarmos atrasadas, assim que chegamos ao Instituto de Design só tivemos pena de o relógio ter andado tão rápido.

 

Da Juliana de sorriso no rosto e uma força cativante que trocou o emprego de fato e escritório pela empresa de metalomecânica que abriu e pedia que lhe desejassem trabalho em vez de sorte. A Susana Torres, cativante, inspiradora, em quem o relógio andou rápido demais e fez uma plateia perceber que até a mudança e a coisa mais pequena no nosso dia pode ser a diferença para alcançarmos nos nossos resultados. Foi um prazer enorme ouvi-la e só tive pena de adiar pela coragem de ir falar com ela no coffee break. A um Tim Viera com quem foi impossível parar de rir o tempo todo. Orador do ânimo, do incentivo e do maravilhoso nosso portugal. Mas também do realismo, do esforço e trabalho necessário para se singrar. 

 

 

Foto de Princesa Sem Tiara.

 

Foto de Princesa Sem Tiara.

 

 

 

Foto de Princesa Sem Tiara.

 

É realmente impressionante o quanto a nossa vontade de fazer e de fazer acontecer, a determinação, o empenho, a audácia, a imensa coragem e um pouco de ideias malucas e de acreditarmos nelas podem realmente fazer o sucesso. E ser a prova de sucesso. Mais do que inspiração, trouxe deste dia a vontade ainda maior de um dia também eu colocar a ideia maluca que guardo comigo a ser realidade. Num empreendedorismo que admiro e num dia que tanto aprendi. Ir a um Tedx, é sem dúvida das maiores lições de inspiração que podemos ter e das maiores partilhas de empreendedorismo nas mais variadas vertentes que podemos ouvir. O primeiro de muitos, Tedx's!

 

25
Ago17

Mãe, Vou Mudar o Quarto! # O Toucador

6dbba21d73c301bd7e9775c764647438.jpg

 

Estar de férias e passar mais tempo em casa e ainda mais no meu quarto, fez-me ter ainda mais certeza de uma coisa: preciso de mudar urgentemente o meu quarto! E isso deu lugar à nova rúbrica por aqui "Mãe, vou mudar o quarto!", com toda uma continuação de episódios de artigos desde o primeiro com o toucador, ao roupeiro, à cómoda e por aí adiante.

 

E mais do que imagens de inspiração para ficarmos apenas a babar para o ecrã enquanto olhamos para o post e ficamos apaixonadas até voltar a olhar para o quarto e cair na realidade, decidi incluir também os artigos de lojas online que podemos comprar para realmente mudarmos o meu quarto. Com preços acessíveis e apontamentos que marcarão a diferença na decoração. Com a Ikea a 10 minutos de casa, já não há desculpas para deixar andar e não fazer com que o nosso quarto seja o nosso espaço favorito de sempre.

 

Entre brancos, dourados e rosa, irei seguir uma decoração feminina muito simples, discreta e elegante mas jovem ao mesmo tempo. Com pequenos apontamentos de rosa, a simplicidade do branco e a elegância do dourado. Um casamento perfeito. E este primeiro toucador e a primeira cadeira conquistaram o meu coração. Quem como eu está com vontade de pôr mãos à obra?

 

99.99.JPG

 

Toucador Ikea € 99.99 (aqui)

Imagens inspiração

32c58825a7da46e05db530648836149f.jpg

2474b7fa714ad0778060649ec6bc6ce1.jpg

 

 

 

 

129.JPG

Toucador Ikea € 129,00 (aqui)

brimnes-toucador-branco__0333601_PE523977_S4.JPG

Toucador Ikea € 70,00 (aqui)

 

Imagem inspiração

fa6368021629fe015a6d52b86178272c.jpg

 

 

a85967b4ac0f16e298d4011552e01c2f.jpg

Toucador e Banco La Redoute € 254,15 (aqui)

Imagem inspiração

8afd04881057d2f0a9c8a261ae87ffe5--mousse-polyurét

 

 

espelho.jpg

Primark (à volta de €15.99)

19.99.jpg

Zara Home €19,99 (aqui)

1186106302_1_1_2.jpg

Zara Home € 59,99 (aqui)

 

6.99.JPG

Porta-Velas Ikea €6,99 (aqui)

 

prato.JPG

Prato Ikea  pequeno €1,99 (aqui) grande €7,99 (aqui)

 

 

kornig-vela-grossa-perfumada-conj-verm__0397971_PE

Conjunto 3 velas perfumadas Ikea 7,99 (aqui)

 

 

ramo.jpg

Ramo Artificial € 14,99 (aqui)

 

D35397121070988-large.jpg

Luz Led Flamingo Primark € 3,00 (aqui)

 

Organizador prateleiras Viva €9.09 e € 4,89 (aqui e aqui)

                                  9.09.jpg   4.89.jpg

silverhojden-moldura-amarelo__0507137_PE635049_S4.

Moldura Ikea € 2,99 (aqui)

 

cadeira.jpg

Cadeira Viva € 139,00 (aqui)

odger-cadeira-bege__0516650_PE640475_S4.JPG

Cadeira Ikea € 59,00 (aqui)

 

Sigam-me no Instagram @princesasemtiara 

23
Ago17

#Musthave: O Batom que não precisa de retocar!

batom-kylie.JPG

 

O lipstick da Kylie é o verdadeiro must-have que todas temos de ter. Conheci este lipstick o ano passado quando a irmã do meu namorado maquilhou uma amiga minha para um casamento e uns familiares que estão na América tinham oferecido à minha amiga o famoso e desejado lipstick da linha de maquilhagem da Kylier Jenner. E assim que vi a aplicá-lo  fiquei completamente maravilhada. Eu e a irmã do meu namorado. Enquanto a minha amiga comentava como cheirava mesmo bem eu ia vendo a facilidade como deslizava nos lábios e como os lábios ficavam lindos. Sem aquelas gretas ou falhas características da aplicação de muitos glosses matte. Aplicado na perfeição, com uma cor matte perfeita e um acabamento impecável. Já tinha ouvido falar super bem da linha de maquilhagem da Kylie mas estava bastante reticente. Sempre achei que todo o alarido à volta desta linha de maquilhagem fosse por ser algo a ser vendido pela Kylie. Mas se o ano passado quando a minha amiga o usou fiquei maravilhada, este sábado quando a irmã do meu namorado aplicou-me ao maquilhar-me para o casamento fiquei completamente apaixonada. Cheira ainda melhor do que imaginava, os lábios ficam ainda mais bonitos do que me lembrava e o acabamento é mesmo perfeito. E se já estava toda contente e surpreendida, imaginem o que é passar mais de doze horas sem retocar o batom e ao desmaquilhar ainda ter batom para retirar. Tanto que a irmã do meu namorado já depois de muitas horas de o ter aplicado pergunta-me na brincadeira se precisava de retocar o batom. E eu, sem me aperceber que ainda não o tinha feito, é que reparei o quanto ainda estava incrível. Por este lipstick vou arriscar as dores de cabeça da alfândega pela primeira vez. É caso para dizer: quero já!

 

20987695_1431615920262120_277836630_n.jpg

Só para mostrar-vos a maquilhagem ao fim de já mais de cinco horas e os lábios ainda perfeitos sem terem sido retocados (e a nova cor de cabelo, claro!). Vejam aqui o look completo deste dia!

 

 Sigam-me no Instagram @princesasemtiara 

22
Ago17

O Botão "LIKE" da Resposta!

18431845_wONAz.jpeg

 

Tanto que podia falar sobre ele. O botão do like. Dizem que o facebook piora as comunicações entre as pessoas. Não concordava. Até chegar ao chat do messenger do facebook o botão do like. E volta e meia lá estámos nós, numa conversa com palavras e a completar com símbolos e, de repente, recebemos um simples e apenas like. Sem letras, sem palavras, sem smiles e até sem o mísero ok. Um simples e apenas like. E pior do que alguém responder-nos com um mísero "OK" é levarmos com um  de resposta. É como se a pessoa nem se desse ao trabalho de escrever um "OK", nem um politicamente correto "Está Bem" ou "Combinado". Botão do like carregado, mesmo ao lado da caixa de texto e está a conversa terminada. É o final de conversa mais facilitado de sempre. Com um simples clique. Um símbolo. E já está. Chamem-me antiquada, mas não gosto do botão like de resposta. E poucas vezes o usei. Até por engano com um pedido de desculpas logo a seguir a achar que fiz algo péssimo como acabar a conversa daquela forma fria, que só um mero e simples símbolo do like o sabe fazer. Botão like? Só para as publicações e até aí gosto de usar os corações! 

 

 

21
Ago17

LOVE STORY | #Daily

20939072_1431615923595453_1351101293_n.jpg

 

Lembram-se de ter dito que ia ter um casamento este ano? Sábado foi dia de celebrar o amor. No casamento de um primo do meu namorado e o batizado da sua bebé tão linda. E não há nada melhor do que celebrar o amor e a felicidade. E eu, uma grande lamechas e romântica assumida, não resisto a casamentos. Nem à emoção deles. A alegria dos convidados. O brilho nos olhos dos noivos. A emoção da noiva. Os seus sorrisos de felicidade. O cortar do bolo ao som da música mais romântica de sempre e o largar de balões. Não há nada que nos faça acreditar mais no amor e nas histórias de amor, do que o casamento. Nem nos faça inspirar mais. Para o, um dia quem sabe. E sempre que a pista abre e ouço uma música que saiba dançar, não sou capaz de recusar. Porque o dia é de festa e é para festejar. O amor, a felicidade, a união, a vida. A vida a dois de um amor que se junta. A três, que um amor constrói. Num dia que só a emoção em tantos rostos, torna-o sempre especial. 

 

20986141_1431616143595431_2073454913_n.jpg

 

O vestido. Resolvi mandar fazer. Comecei a procurar com menos de 1 mês e meio de antecedência. Corri lojas atrás de lojas. Página de facebook atrás de página. E já não havia nada que fosse aquele uau! Culpa minha, eu sei. Os brincos da Cibele fizeram toda a diferença neste look simples. E, no final do dia,a única coisa que mais custou foi tirar a maquilhagem incrível que tinham feito. Não podia acordar assim todos os dias?

 

20881898_1397793813651875_7443905062909748714_n.jp

A ti. A nossa história de amor. 

 

 

(Desculpem a má qualidade das fotos, espero que não se importem. Este este era o dia para celebrar o amor e colocar o lado blogger de lado e até a máquina ficou em casa)

 

 Sigam-me em Instagram @princesasemtiara 

16
Ago17

#Musthave: Os Brincos de Franjas deste Verão!

 20731419_1761654974135092_1212627958_n.jpg

 

Nada grita mais tendência neste verão do que os brincos de franjas. E assim que conheci os da marca Cibele foi impossível resistir. Leves, giros, cheios de cor, de estilo e de atitude, jovens e com as cores vibrantes para esta estação. Fiquei logo surpreendida com o facto de serem tão leves e mesmo assim tão oponentes e fazerem com que qualquer look fique muito melhor. Como aquele toque necessário, aquele detalhe, que tantas vezes os looks simples de verão precisam, com o preço muito acessíveis que nos faz dizer: quero já! E assim que soube que eram todos feitos à mão, pela querida e simpática responsável da marca que até entrega os brincos pessoalmente na zona de Braga, fiquei completamente conquistada. Eu e não só. Depois do sucesso dos meus brincos vermelhos, já encomendei uns pretos e até as minhas amigas e familiares assim que viram os meus brincos pediram-me para encomendar para elas. E mal soube que eram feitos à mão, super giros e ainda por cima com um preço acessível decidi logo que tinha que ser partilhado por aqui. Vocês também merecem conhecer a Cibele. Mais do que pela tendência e o artigo must - have desta quarta-feira, pela criatividade, o amor, o empenho, o trabalho e a simpatia em cada modelo. É caso para dizer meninas: este must - have está de parabéns e nós queremos já todos! 

20707783_1761654914135098_421761489_n.jpg

20732852_1761654940801762_646994815_n.jpg

20733109_1761654917468431_917522403_n.jpg

20706864_1761654920801764_436677580_n.jpg

20707716_1761654957468427_505990810_n.jpg

20707735_1761654910801765_679958339_n.jpg

20707783_1761654914135098_421761489_n.jpg

20786221_1761654964135093_1833503197_n.jpg

20294444_1252890204839101_990813629576165991_n.jpg

20376083_1257035721091216_5089075632493792823_n.jp

Visitem a página aqui 

 

15
Ago17

Em Modo: FÉRIAS!

20862480_1426645070759205_750707229_o.jpg

 

Saltos arrumados, maquilhagem guardada, roupa formal a um canto. Estou oficialmente de férias! Com vontade de parar o tempo, trocar o relógio formal por este Ice Watch que grita verão e ar livre e aproveitar ao máximo. Em quinze dias, sem planos, nem expetativas. Ao fim de muitos anos, colocar os planos de lado e os dias seguidos. E obrigar-me a mim, pessoa de agenda, dos dias contados e dos planos, a viver as férias ao sabor do momento. A usar e abusar do bom tempo, dos bíquinis e dos óculos de sol. A dar uso às sapatilhas e ao exercício físico. A desfrutar dos sunset's e das noites de verão. E, mais do que a descansar, a conhecer sem tempo, a amar sem pressa, a divertir sem formalismos e a ser feliz, só porque sim. Onde o tempo pára e se saboreia. E as expetativas não têm lugar nem os planos entram. Venham mais dias perfeitos como este. E, que esta workaholic consiga manter-se longe do escritório durante quinze dias sem dar em maluca!

 

20821437_1426645007425878_1951021186_o.jpg

Relógio Ice-Watch

 

 Sigam-me em Instagram @princesasemtiara 

10
Ago17

Tenho um Blogue ... E Porque Não?

 

Criei o blogue há quatro anos, em dezembro de 2013. Era "virgem" de blogues, numa altura em que ainda não se dava muita importância à blogosfera e tantos eram os blogues mantidos em segredo. Criados só por criar. Apaixonada e viciada pela escrita já há muitos anos, bastante tímida de personalidade, escrever sempre foi o meu escape e a minha forma de me expressar e falar. E já com alguns textos, literalmente entre aspas, publicados no meu perfil de facebook, decidi que precisava de um espaço onde pudesse publicar, mas que não fosse tão pessoal como o meu próprio perfil de facebook. Porque não um blogue? E assim, entre uma ideia maluca no meio de uma conferência e a imensa vontade de escrever, surgiu este blogue. Que pelo caminho encontrou-se com a moda, das tantas e tantas horas de uma filha única sentada no sofá a ver e devorar programas como o American Next Top Model e a Rachel Zoe. E de quem teve o seu primeiro trabalho no comércio, com marcas de moda. Assisti ao enorme boom que nestes 4 anos os blogues tiveram. Vi de perto, as mudanças nas pessoas e nas marcas. E mais do que o enorme impacto que a blogosfera sofreu e teve, ser-se blogger ganhou uma importância extrema. Assisti de lado, nas bancadas. Por opção, também. Vi bloggers portuguesas que acompanhei desde o início a terem uma evolução fantástica e hoje a serem tão bem reconhecidas. E agora, quase quatro anos depois, ter um blogue é como se fosse uma coisa de outro mundo, como se fosse algo inalcançável. Os blogues ganharam um mediatismo enorme e colocou-se na imagem de uma blogger, uma rapariga super gira, cheia de estilo, sempre bem maquilhada e com um corpo perfeito, com uma roupa de meter inveja e um instagram de sonho. Como se para se ser blogger fosse preciso ter um curso de maquilhagem, um corpo (e cara) de modelo, um closet de meter inveja e um fotógrafo particular. E esquecemo-nos que os blogues surgiram para partilhar vidas reais de mulheres reais e não revistas ou modelos. E de quem é a culpa? Do mediatismo e da pressão. Que tornaram os blogues num patamar incalcançável e ser-se blogger virou missão impossível.  Quando para se ter um blogue, basta simplesmente escolher onde querem ter o vosso blogue, pensar no nome e desenhar o layout, escrever os conteúdos e publicar. E eu, já perdi a conta às minhas colegas e amigas que desafiei a criar um. E sempre que vejo a surpresa na cara das pessoas quando alguém descobre que tenho um blogue o meu pensamento é: "E porque não?"

 

 Sigam-me em Instagram @princesasemtiara

Pág. 1/2