Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

16
Fev16

Mito ou Verdade? Eis a questão, parte I

Vamos lá fingir que este é um blogue de beleza por instantes e que eu percebo imenso sobre o assunto - mas alguém duvida disso! - e vamos falar sobre beleza. Não, não será sobre os vestidinhos dos grammy's de ontem à noite nem sobre os homens mais gatos do momento, mas sobre rituais de beleza. Se a Sharon Stone, aos 12 anos começou a usar creme de dia e de noite e ficou fresca como uma alface durante tanto tempo, aparentemente, nós também conseguimos. E antes de dar numa de expert, vamos desmitificar o que de muito se fala e se acha que se sabe, da beleza.

 

1 - O creme de noite não faz efeito nenhum, é só mais uma coisa para se gastar dinheiro. - MITO!

O creme de noite é tão ou mais importante do que o creme de dia. Se o creme de dia, vai proteger e hidratar a pele das acções de rotina diária e preparar a nossa pele para a maquilhagem enquanto a preserva, é o creme de noite que vai restaurar e cuidar de todas as acções a que a nossa pele esteve sujeita durante o dia, preservando as várias camadas da nossa pele enquanto hidrata e vai fazer o trabalho todo que o de dia esteve a proteger.

 

2-  Os produtos caros são sempre os melhores. - MITO!

Já tive produtos de €5 que adorei bem mais do que produtos de € 10. (Iluminador da Catrice vs Iluminador da L'Oreal. Batom da Oriflame vs Batom da H&M). Mas também tenho produtos de € 30 que valem bem cada cêntimo que gastei, como o caso do sérum de olhos da Clinique.

 

3- Quando lavo a cara com água fria a maquilhagem parece que fica muito melhor. - VERDADE!

Lavar o rosto logo ao acordar, de manhã com água fria, vai ajudar a abrir os poros e a fixar a maquilhagem. E a acordar também!

 

4- O iluminador é igual ao corretor. - MITO!

Assim como o nome indica, serve para coisas distintas. O iluminador deve ser utilizado para iluminar o rosto, em certos e determinados pontos estratégicos que vão criar pontos de luz, entre as sobrancelhas, no canto do olho, por cima do concavo e por cima do labio superior. O corretor vai corrigir todas as imperfeições e as olheiras. Podem e devem ser utilizados em conjuntos, mas um não substitui o outro.

 

5- É importante saber qual o meu tipo e tom de pele na hora de escolher a base. - VERDADE!

Esta contra mim falo. Quantas vezes a base já não acabou sem nos darmos conta e fomos à pressa comprar para o dia seguinte sem tempo para ver o tom ou as características?! Resultado, ou compraram o modelo indicado que já usavam ou deu asneira na certa. A base deve atender a três coisas: ao vosso tom de pele, ao vosso tipo de pele e ao vosso gosto. Usem e abusem dos testers - eles estão lá para isso - e experimentem mesmo no fim do rosto, na parte do maxilar para perceberem como a base fica na vossa pele. Se têm uma pele oleosa e vão usar uma base para pele seca ou o contrário, será ficarem com a pele extremamente oleosa, ou virem a vossa pele a secar drasticamente consoante o caso. Já me aconteceu ter a zona T, completamente agravado por oleosidade e secura devido a uma base. Não cometam o mesmo erro. Uma base pode ainda ter um acabamento mais acetinado, brilhante, matte, ser de longa ou curta-duração, fácil ou dificil de aplicar. O essencial a ter em conta é pensarem se precisam de uma base para uma rotina diária. 

 

6 - A água micelar tem o mesmo efeito que a água da torneira. - MITO!

Há e tal, que "o nome é o mesmo, o aspeto é o mesmo, é tudo água, para isso uso a da torneira" - Esqueçam! Se como eu tinham este pensamento, aconselho-vos a fazer o teste do algodão. Peguem num disco desmaquilhante, humedeçam com água e passem por um lado do rosto. Agora, façam o mesmo mas utilizando a água micelar. O resultado é totalmente diferente. A água micelar ajuda a limpar as impurezas do rosto numa ação visivelmente mais profunda do que água sem ter a ação abrasiva do que as toalhitas de limpeza.

 

7- As olheiras requerem vários tipos de tratamentos.  VERDADE!

Quem sofre de olheiras profundas, adorava encontrar um corretor que numa só passagem elimana-se por completo as olheiras. Pois é minhas amigas, lamento informar, ainda não existe. Com muita pena minha. As olheiras são o calcanhar de aquiles da beleza, e a minha que o diga. Existem diversos truques, como as rodelas de pepino nos olhos e passar um cubo de gelo dentro de uma toalha pela área da olheira, para amenizar o inchaço dos papos dos olhos. Mas também existem produtos e, bons produtos. O meu queridinho de sempre é o sérum da Clinique. Extremamente fresco quando aplicam, o seu gel vai desinchar a área por baixo do olho e combinado com o corretor e com o iluminador são a equipa perfeita para umas olheiras completamente disfarçadas. Depois não se esqueçam que existem diversos tons de olheiras. As escuras, quase pretas, as amarelas. Convém atender ao vosso tom de olheira na hora de comprar o corretor. As minhas olheiras por exemplo, só ficam disfarçadas com um corretor amarelado.

 

8 - Ainda estou na casa dos 20, não preciso de usar creme anti-rugas. - MITO!

Lá porque ainda não as vejam não quer dizer que não tenham de ser previnadas. E, minhas amigas na prevenção é que está o ganho. Não se esqueçam, existem diversos cremes para cada tipo de pele e todas as idades.

 

9 - O Sérum é desnecessário na minha rotina diária. - MITO!

Cada produto de beleza tem uma função específica na nossa rotina diária. Se o creme hidrata, o sérum é o produto que irá reparar a nossa pele. E se usarmos unicamente o creme na nossa pele, todos os dias, não conseguiremos ver uma pele com o mesmo aspeto saudável do que uma pele que foi reparada diariamente. Pensem no sérum como um tratamento diário que fazem à vossa pele, que vai restaurar as células e no creme como uma simples hidratação que vai proteger a primeira camada da pele. 

 

10 - O BB Cream é igual ao CC Cream. - MITO!

Pensem no BB Cream, no CC Cream, no DD Cream e na base, como uma escala de uma pirâmide, em que no topo terão a maior cobertura e na base a menor cobertura. A base ou foundation, é o unico produto que permite uma maior cobertura na vossa pele, disfarçando imperfeições, uniformizando os tons e funciona como a aplicação do produto com cor ao vosso rosto. Embora já muitas tragam na sua composição, a proteção solar e hidratação, não deverão nunca ser usadas como um creme. O BB, o CC e o DD Cream, como o nome indica são cremes, mas cremes com cor. E a densidade de cor existente em cada um, aumenta consoante a letra. O BB Cream é muito liquido, extremamente fácil de aplicar, mas mal notam que têm algo no rosto. O DD Cream, contrariamente, assemelham-se muito a uma base a nível de densidade, mas com a hidratação de um creme. Utilizo a base, sempre que tenho mais tempo, pois requer uma aplicação mais precisa e cuidada e sempre que tenho uma ocasião especial. O BB Cream, é o que costumo usar diariamente. aplicam como se fosse um creme mas dá-me um tom ligeiro para retirar o ar deslavado. Já usei um CC Cream também e adorei. É um intermédio ideal entre o mais da base e o menos do BB Cream. 

 

Têm mais questões desse lado?

4 comentários

Comentar post