Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

Turista!

Ontem foi dia de passeio pela cidade. As ruas estavam completamente cheias de gente, e eu sentia-me como uma turista na minha própria cidade. Caminhava sozinha, enquanto me dirigia aos sítios- vá, quem estou eu a enganar- às lojas e dei por mim a observar Braga com outros olhos. A semana Santa trouxe consigo turistas e imigrantes. Dos mais variados pontos do mundo, muitas são as pessoas que vêm até Braga para poder assistir às célebres procissões da semana santa. Desde brasileiro, espanhol, alemão, inglês e francês, muitos eram os idiomas e variadas eram as culturas. As ruas de Braga assemelhavam-se a uma cidade cosmpolista. Os estilos surpreendiam-me. Ora, passava por mim uma mulher com uma saia comprida e um casaco de ganga e umas alpercatas num look total muito hippie chic, ora um vestilo e umas deslumbrantes sandálias de salto completavam a sua Louis Vuitton. As gargalhadas, os óculos de sol, as máquinhas fotográfias, a conversa boa na esplanada. Observava atenta. Tudo era tão diferente a acontecer ao mesmo tempo. O sítio era o mesmo, mas Braga tinha outro encanto. As fixas lilás adornavam as ruas num motivo pascal e, as pessoas admiravam catedrais pelas quais eu passava despercebida. Vivo na cidade das catedrais e dos bispos e, por certos não tinha parado para olhar estes monumentos, com os olhos daquele casal. Os seus olhos capturavam mais do que a objectiva que possuíam e, o seu fascínio era tanto que olhavam admirados. A senhora indicava surpresa ao marido mais um pormenor arquitectónico que tinha encontrado e, o marido preparava a objectiva. Não queriam perder algo que eu perdera, se não fosse hoje. Braga teve outro encanto e, eu senti-me como uma turista a percorrer pela primeira vez, com olhos de ver, aquela que sempre foi a minha cidade!

Não podia deixar de ser...

....Boa Páscoa Princesas e Princepes deste cantinho!

 

 

 

 

Pensar em dieta, até penso mas aí vem a páscoa e ela tem uma pausa sabática prolongada.

Ele é amêndoas recheadas, amêndoas cobertas, ovos kinder, pão-de-ló. E eu de boca tapada não aguento. Mas este ano, controlada, se não a culpa não é da balança que avariou!

Deliciem-se, é uma pena ficar a olhar chuchus. Ao que é que não resistem na Páscoa?!





Ângela Santos | Braga
aprincesasemtiara@gmail.com



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D