Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

3ª Edição Tibães Fashion !

 

IMG_9517_Fotor.jpg

 ... se fez, história...  

 

Assistir a um evento, é maravilhoso. Ver tudo tão bem preparado. O ambiente que nos rodeia. E ficarmos maravilhados com o resultado final. Os desfiles, os workshops, ou os convívios. Tudo pensado ao pormenor, para que quem é convidado possa desfrutar na plenitude. E, assim estive eu na edição anterior, convidada. Até que nesta edição resolveram trocar-me, tão bem, as voltas e dei por mim do lado de lá. Do lado de quem ajuda e organiza e dá por si com um bilião de coisas na cabeça sem saber para onde se há-de virar. Cheguei a achar-me maluca. Eu, com uma agenda, do mais preenchida que há, estar do lado de lá de um evento. Mas, queria perceber o outro lado. Queria conhecer esta essência do Tibães Fashion que transparecia e eu não a via, por completo. Queria estar presente e mesmo inexperiente, fazer da minha força mais um esforço. E, acreditem que não imaginava nem uma pequena percentagem do que é estar do lado de lá. Digo o hoje, mesmo ainda sem o saber bem. Mas conheci a essência. Porque o Tibães não é igual a mais nenhum. É feito de alma e paixão, de um esforço quem o sabe da vocação. É a entrega de uma equipa que se uniu como se de família se chama-se. E não se apontam erros, mas elogios. Onde todos são bem recebidos e nem tamanhos são exluídos. Não é um desfile de clichés nem um outro evento comum no mundo da moda. Prometeram mais, cumpriram mais além. E o drop the plus que se invoca no estrangeiro, desfilou numa passerelle onde o talento não pede idades, que o diga a pequena designer Mariana, de apenas 10 anos. É a amizade da ajuda e do companheirismo. Do staff aos designers, não se constroem barreiras, mas criam-se laços. E, depois da angústia, do stress, da agitação e do receio. É tempo de parar. O desfile já começou. Ouvem-se as palmas, os sorrisos, os rostos de uma felicidade surpresa entre os presentes. Sente-se a alegria de um dever cumprido, pelos feedbacks que já pedem o próximo. E, no final, resta uma troca de olhares. Aliviadas e satisfeita. Sem palavras para o descrever. 

                  11137149_928391603870172_138298138078215997_n.jpg Anabela Quintas.jpg Da tereza Kate.jpg

                 Elisabete Pires desfile.jpg  Escola de moda porto.jpg  Pedro Victor.jpg

                 Mauro Morais Footwear.jpg  Arkitekt.jpg   Arkitekt designer e guedes.jpg

                 Concreto homem.jpg  Francisco-Nelson.jpg    Mariana kuska debora.jpg

                                     Elsa Barreto.jpg Mi ribeiro desfile.jpg

11149272_926627590713240_5664794338901729143_n.jpg

 

(Fotos: Webraga e Marco Mendes)

 E da ambição se fez história. Elevou-se a atitude. Romperam-se barreiras e tamanhos, surpreendendo-se não só uma cidade, mas um país. E, ficou na memória. De quem por lá passou, que aplaudiu e louvou. Uma cidade que se fez ouvir. Um talento que não se deixou calar. Uma organização que não se deixou vencer. E um evento, que já promessa virou certeza de uma atitude de afirmação num país que já o espera. Até à próxima!

(Nota:Excerto escrito para a rúbrica Com estilo, bracarense, no site Webraga)

 

3 comentários

Comentar post





Ângela Santos | Braga
aprincesasemtiara@gmail.com



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D