Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

#DropThePlus!

 

Skinny, plus, straitght ... Já chega! Está na hora de deixar de rotular as mulheres em tamanhos. De deixar de os ver como julgamentos. Apelamos à igualdade. Em cada dia, em cada hora. E a igualdade de tamanhos, onde fica?! Esquecida?! Não o escondo que já tive do outro lado, de quem se via gordinha. E, não era o meu espelho que julgava, mas uma sociedade de ideias feitas. E a roupa, naqueles seus tamanhos inquisitórios acrescentavam a culpa que não sentia. Custava, não a ver servir. Hoje, com formas diferentes, sei que o tamanho grande ou pequeno não é sinónimo de nos sentirmos bem. Não interessa, não passa de um número. Se não revelar nada mais do que isso, é só mesmo isso. Um número, um tamanho. Mas, custa ver as consequências desse número. A falta de aceitação de uma sociedade. Uma indústria têxtil pré-concebida, com tamanhos que são contrários à igualdade. E o mundo da moda, que diferencia. Num plus e num skinny. Mulheres iguais. Igualmente bonitas, igualmente mulheres, igualmente saudáveis. Ou melhor, diferenciava! A par com a Dove, que já há uns anos que luta pela igualdade de oportunidades, a moda teve uma lufada de ar fresco e uma imposição de atitudes, com as primeiras modelos plus size a estarem presentes em marcas como o calendário Pirelli, a Sports Illustrated, a Calvin Klein e a Lane Bryant.

Não sou apologista, das defensoras que são contra campanhas como a da Victoria Secret, mas sou apologista que se risque o plus e se desvalorize o skinny e se apluade cada corpo em cada sua forma. Somos todas mulheres e se muitas marcas não o aceitam a Boutique da Tereza afirma-o com carinho. Nesta marca, não há lugar as restrições nem imposições. E o Plus Size, é encarado com orgulho. De mulheres que aceitam as suas formas e exclamam em cada afirmação que são mulheres reais. Sem dietas, com curvas, e um sorriso lindo. Num atendimento que se destaca pela felicidade de cada mulher, de a vestir bem, bonita e elegante. Seja um 36 ou um 64. A boutique da tereza é a moda para todos os tamanhos, e leva a moda a todas as mulheres. E, não escondo o orgulho ao ver estas lindíssimas mulheres a desfilar, por uma marca de Braga empreendedora, que tanto merece este reconhecimento. Era tão mais fácil, limitarem-se a fazer o que por aí se faz. S - XL, e modelos tendências. Mas o fácil não lhes chegou, queriam ser a resposta de tantas mulheres que viam nas outras mulheres a roupa e em si, o que servia. Porque somos todas mulheres, e não há números que distingam a beleza.

Conheci-lhes a garra e a determinação, não de hoje, nem de agora. E, nem imagino a ambição requerida e pretendida que esta homenagem de cada dia precisou. Pegar num projecto da mãe e fazê-lo crescer, em família, não é uma ideia nem uma ambição empreendedora, mas um projecto de coração. É uma homenagem que é feita, em cada dia.

11162455_684902968304502_4969346857871900313_n.jpg

  É hora de riscar o plus e de desvalorizar o skinny. Aplaudir cada forma, amar cada corpo. E aceitar as suas perfeitas imperfeições. 

 

9 comentários

Comentar post





Ângela Santos | Braga
aprincesasemtiara@gmail.com



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D