Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

Qui | 08.03.18

ESTARÃO AS MULHERES MAIS SEGURAS?

Princesa Sem Tiara

 

20882484_K9UGt.jpeg

 

Há uns meses atrás tive um jantar com duas grandes amigas. Quase de sempre e do para sempre. Separadas por 4 anos de diferença de idades e com situações amorosas completamente diferentes. Falámos da vida, dos homens, das mulheres e das amigas, dos sonhos e dos planos, das profissões e do futuro. E entre um copo, ou dois de sangria, com uma certeza que antes não tínhamos, falávamos daquilo que não queríamos. No amor e na vida. Num homem e em nós. E isso deixou-me a pensar. Estarão as mulheres mais seguras? De si e das coisas? Do que querem ou do que não querem? E um jantar com outra amiga e muitas e muitas conversas depois com outras, o não tornou-se presença assídua de sempre e a certeza que me fez perceber que as mulheres estão mais seguras de sempre: naquilo que não querem. Mais do que saberem como querem que seja a sua relação daqui a um ano, como tem que ser um homem para ser o namorado que andam à procura ou como gostariam de ser daqui a dez anos e de fazer nas próximas férias, as mulheres cada vez mais têm a certeza daquilo que não querem. E defendem isso como uma convição determinada, de não voltar a ter, a ser ou a fazer algo que já magoou ou pode magoar. Ou algo que lhes é tão seguro como aquilo que querem. E se acham que isso são só tretas, acreditem: ter-se certeza do que não se quer é tão ou mais importante do que aquilo que se quer. E ser segura não é só gritar a sete ventos que se o é. É sê-lo. Demontrar isso e fazer por nós. Não para que o mundo veja ou saiba, mas por nós. E hoje as mulheres estão mais seguras até nas pequenas coisas, mas acima de tudo nelas e na sua felicidade. No seu valor e na sua personalidade. Na sua atitude e isso, acreditem, transparece! Afinal, há maior segurança do que saber-se aquilo não nos faz bem?!

 

 

Está revelado o primeiro texto da nova e incrível rubrica por aqui e vem com o desafio para vocês  Vocês é que vou escolher o nome desta rubrica! Like a Woman, A Woman in The City, As Perguntas da Princesa, O Amor e as Mulheres, Cosmopolita, Proud Woman, As Crónicas da Princesa, ou qualquer outro que vocês escolham, vai ser o nome desta rubrica que é tão especial para mim, por isso escolham bem sim?!  Não havia melhor dia para revelar este texto, não acham?!  

9 comentários

Comentar post