Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

Qui | 16.08.18

Não Será a Beleza Mais do Que Aquilo Que se Vê?

Princesa Sem Tiara

received_1693088347455752.jpeg

Sabem aqueles momentos que são como um clique e fazem-nos ver as coisas de outra forma?! Esta foto foi o meu clique! E assim que a vi de um momento para o outro só pensava numa coisa: aqueles braços! Como quem olha ao espelho, e só vê um nariz grande ou pontiagudo. Umas ancas ou um rabo enorme. Uma barriga saliente ou um papo no pescoço. E de repente tudo começou a girar à volta dos meus braços. Como se nunca tivesse notado no seu tamanho - ou secalhar ate não tinha. Ou eles tivessem aumentado de tamanho do dia para a noite - o que duvido! E aquilo que eu nunca reparava ganhou lugar de destaque em tudo. Na escolha da roupa, na avaliação das fotos, e na vontade de fazer dieta. E é incrível como aquilo que durante tanto tempo passou despercebido aos meus olhos, passou a ser o motivo principal sempre que tirava uma foto. Esqueçam o sorriso, o olhar ou a expressão do rosto, os braços e a ancas tornaram-se no meu calcanhar de Aquiles. Até ter visto um filme que me fez ver as coisas de maneira diferente, usar uma roupa que me fez sentir confiante e bonita e aquilo que eu só via foi como se não estivesse mais ali. E sabem de quem é a culpa? Do instagram, face tune, revistas e tantas mais outras coisas que nos fazem pensar que somos imperfeitas. Que somos menos de que. Que nos tira a confiança e dá ali um abanão na auto-estima. Porque nenhuma rapariga que não tenha um corpo escultural se sente bem ao ver um instagram entupido de fotos de raparigas com aquele corpo escultural. Que na maioria dos casos é uma questão de posição, muito trabalho de fotografica, muita edição e uma boa App. Quem diria que iria inventar App's que nos fizessem uma cirurgia estética na vida virtual? Por isso, eu prefiro ser real. Partilhar as imperfeições a ter mais likes. Mostrar o que sou e ser autêntica. Viver a vida. Partilhar a realidade, preferir o sorriso e liberdade do momento à foto editada, planeada e pensada para parecer uau. A beleza não se mede pelos likes. Mas pela atitude e a confiança que transparece de quem se aceita como é! E isso bate 1000 a 0, a milhares de likes. Porque mais importante do que parecer ser, é ser. Nunca se esqueçam disso!

1 comentário

Comentar post