Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

Princesa Sem Tiara

Blog pessoal, de alguém que pela escrita é apaixonada e à moda já há muito se rendeu!

Dom | 02.09.18

PARAR!

Princesa Sem Tiara

40565391_2223190287902438_6187859662243627008_n.jp

 

Quem me conhece sabe que não sou de parar. Passo os dias em correria de um lado para o outro. Estico os dias e tento sempre arranjar mais tempo. Tive anos a estar com quatro projetos a mais, para além do meu trabalho, e a perguntarem-me como conseguia. E férias? Ficavam sempre para depois, de quem não queria ficar atrás e se cansa de estar parada. Mas sabem uma coisa? Às vezes, é preciso parar. E este foi o ano que percebi isso. Decidimos as férias e comprometi-me, comigo mesma. Seriam 15 dias offline. A dar descanso ao computador, que ficou em casa, e só hoje peguei nele. Com o telemóvel reencaminhado. E o lado blogger desligado. Mas nem imaginam a azáfama que foi até lá. Como uma verdadeira maratona, acreditem. E o dia 18, da saída de Braga e chegada ao Algarve era a minha meta. Queria fazer o máximo dos máximos antes de vir embora. E dei por mim a fazer a mala era quase meia-noite para quem ia sair de casa às 07 e tal. E o dia anterior foi dos dias mais malucos de sempre. Tinha marcado consulta de rotina às 08h20 da manhã. Entre a consulta e a esteticista preparo a mala - pensei eu. Esqueçam. Compras para a viagem, mais umas paragens pelo meio, visitar uns primos. Quando dei por ela estava atrasada para a esteticista. E assim que de lá saí, fui a correr para casa, meter umas garfadas de comida à boca, trocar as sandálias rasas pelos saltos altos, pegar na bolsa e correr literalmente para apanhar o autocarro e ir para o escritório. Queria fazer o máximo dos máximos antes de ir de férias. Sabem aquela ideia de deixar tudo organizado antes de ir de férias? Eu penso assim! E, quando olhei para o telemóvel, já o meu namorado esperava por mim para irmos comprar lanches e águas para a viagem e, só cheguei a casa meti umas garfadas do jantar à boca e disse aos meus pais que assim que chegasse jantava em condições. 45 minutos depois lá estava eu. Quase 22h15 da noite, um dia atribulado para trás, o jantar agora à minha frente com calma e uma mala por preparar. E zero stress. Afinal só havia uma preocupação, colocar bíquinis e roupa suficiente e tentar não me esquecer de nada. E sim, era quase 01 da manhã e eu a rever a minha mala com uma prima do meu namorado pelo messenger :P depois de já a ter revisto com ele por telefone e me ter dito para tirar coisas que levava roupa a mais - homens! E quanto às férias? Fizemos da praia e da piscina rotina, Surpreendi ao vir com um tom bronzeado - coisa inédita para mim! E conheci um Algarve muito diferente. Estive com uma grande amiga minha de cá, que trabalha lá, que no meio das nossas conversas e gargalhadas diz-me que estava muito admirada por nestes anos que me conhece finalmente ver-me a tirar uma semana de férias. É verdade amiga. Às vezes, é preciso parar. Como tu dizes e bem: só podemos recomeçar e regressar, quando estamos bem. E essa felicidade e esse estado de espírito vem de dentro. Depende de nós. E às vezes, é preciso parar! 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.